Ao continuar a usar o flysaa.com, você concorda com os Termos e Condições do site, com a Política de Privacidade e com o Uso de cookies enquanto usa o site.

Relaxe os músculos com esses alongamentos simples. Você pode fazê-los no seu assento, mas ele deve estar na posição vertical. Lembre-se de respeitar o espaço dos outros passageiros.

  • ADVERTÊNCIA DE FEBRE AMARELA

    O Ministério da Saúde do Brasil relatou um surto de Febre Amarela que ocorreu principalmente em áreas rurais, sendo a maioria dos casos registrados no Estado de Minas Gerais. As campanhas de vacinação são conduzidas entre residentes não vacinados de áreas afetadas.

    Qualquer pessoa com 9 meses ou mais que viaje para áreas afetadas deve ser vacinada contra Febre Amarela e apresentar o Certificado Internacional no momento do check in. Se não apressentar um certificado emitido em Inglês, o embarque será negado. As pessoas que nunca foram vacinadas não devem viajar para áreas com surtos contínuos.

     

    REQUISITOS DE VACINAÇÃO DA FEBRE AMARELA: ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE

    Segundo a OMS, a partir de 11 de Julho, o certificado internacional de vacinação contra a febre amarela é válido por toda a vida da pessoa vacinada. Esta validade vitalícia aplica-se automaticamente a todos os certificados internacionais existentes e novos, começando a contar 10 dias após a data da vacinação. Consequentemente, a partir de 11 de julho de 2016, a revacinação ou uma dose de reforço da vacina contra a febre amarela não serão exigidas aos viajantes internacionais como condição de entrada em um local, independentemente da data em que seu certificado internacional de vacinação foi inicialmente emitido.

    Viajantes para áreas com surtos em curso, devem considerar uma dose de reforço se a sua última vacina contra a febre amarela foi tomada há mais de dez anos. Os viajantes devem consultar um provedor de vacina contra febre amarela para determinar se devem ser vacinados.

     

    O que é Febre Amarela?

    A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pela picada de um vetor de mosquito infectado, como Aedes Aegypti.

    Meio de Transmissão

    • Picada de um mosquito infectado, como Aëdes Aegypti

    Epidemiologia

    • A febre amarela ocorre na África Subsaariana e na América do Sul Tropical

    Período de incubação

    • 3-5 dias

    Sinais e sintomas de febre amarela

    • Febre
    • Dor muscular com dor nas costas proeminente
    • Dor de cabeça
    • Arrepios
    • Perda de apetite
    • Náusea e vômito
    • A fase tóxica presente com febre grave e vários sistemas corporais são afetados, incluindo insuficiência hepática e icterícia.

    OBS: O tratamento é sintomático

    Quem deve vacinar-se obrigatóriamente (devem apresentar certificado internacional)

    • Todos os viajantes, a partir dos 9 meses de idade viajando para áreas com risco de febre amarela

    Isentos (mas que precisam obrigatóriamente apresentar o certificado internacional de isenção)

    • Crianças abaixo de 9 meses
    • Alergia a ovo
    • Mulheres grávidas
    • Pessoas com imunossupressão como HIV com contagem de CD4 abaixo de 200

    Os viajantes que estão na posse de um certificado de isenção por motivos médicos:

    • Terão a entrada permitida
    • Terão que relatar qualquer febre ou outro sintoma às autoridades de saúde E
    • Serão colocados sob vigilância de quarentena

    Como prevenir picadas de mosquito

    • Usar roupas de mangas compridas
    • Fique em salas bem ventiladas sempre que possível
    • Use repelentes de mosquito contendo o ativo DEET para evitar ser picado
    • Usar repelentes de tomada ou similar durante a noite
    • Dormir sob mosquiteiros
    • Permanecer dentro de casa entre o crepúsculo e o amanhecer
    • Cobrir portas e janelas com telas, mas se não for possível, janelas e portas devem ser fechadas à noite
    • Pulverizar o interior da casa com um inseticida aerosol
    • Tratar a roupa com um inseticida registrado para este fim

    Mapa da febre amarela África

    Mapa da febre amarela América do Sul

    Sinais e sintomas da febre amarela

    A SAA colaborou com o Departamento de Saúde da África do Sul para produzir este documento. O papel da SAA é distribuir informação a todos os seus clientes; no entanto, a SAA não é de modo algum responsável pelos regulamentos. Novas alterações ou regulamentos serão atualizados de tempos em tempos, porém, a SAA não se responsabiliza por quaisquer imprecisões no conteúdo.

  • A malária mata mais de um milhão de pessoas por ano, a maioria na África subsaariana. Seus sintomas normalmente incluem febre e dor de cabeça e, em casos graves, podem progredir para coma ou óbito. Os sintomas se manifestam em intervalos variados, de sete dias após a chegada a uma região de contaminação por malária até nove meses após a saída da região. Os sintomas podem ser moderados em estágios iniciais:

    • Dor generalizada no corpo
    • Dor de cabeça
    • Tosse
    • Febre
    • Diarreia

    Recomenda-se iniciar o uso de medicamentos profiláticos antes de visitar uma região de contaminação por malária. Consulte o seu médico ou a clínica de viagem mais próxima quanto ao tipo e o uso dos seguintes medicamentos:

    • Doxiciclina
    • Malanil
    • Mefliam
    • Malarone
    • Primaquina

    Recomenda-se consultar um clínico geral ou a clínica de viagem mais próxima.

  • A Organização Mundial da Saúde (OMS) exige que aeronaves comerciais viajando entre determinados países sejam tratadas para evitar a propagação de doenças infecciosas transmitidas por insetos. Consequentemente, a aeronave pode ser pulverizada durante partes do seu itinerário.

    Visite este website para obter informações adicionais.

    • Pés: faça movimentos circulares com os pés, girando os tornozelos, vinte vezes cada pé.
    • Pernas: começando com os pés no chão, levante as pernas lentamente na direção do peito, o máximo que conseguir. Retorne lentamente e repita o movimento três vezes.
    • Joelhos: pressione os joelhos um contra o outro e contraia os glúteos. Mantenha contraídos durante cinco segundos; repita cinco vezes.
    • Mãos: segure a borda do seu apoio de braço, conte até cinco e relaxe. Repita dez vezes.
    • Braços: começando com os braços esticados, dobre os cotovelos e aproxime os punhos lentamente do peito. Estenda novamente e repita cinco vezes.
    • Ombros: curve os ombros, fique nessa posição por alguns segundos e relaxe lentamente. Repita cinco vezes.
    • Pescoço: mova a cabeça lentamente em direção ao seu ombro direito e fique nessa posição por alguns segundos. Em seguida, repita o movimento em direção ao ombro esquerdo. Mova o queixo para baixo lentamente em direção ao peito, fique nessa posição por alguns segundos e relaxe. Repita três vezes.

    Recomendamos esses exercícios para ajudá-lo a manter a saúde ao viajar, principalmente em viagens de longa duração.